terça-feira, 23 de setembro de 2008

Árvores "nossas confidentes"...


"Vivam Apenas"

Vivam, apenas
Sejam bons como o sol.
Livres como o vento.
Naturais como as fontes.

Imitem as árvores dos caminhos
que dão flores e frutossem complicações.

Mas não queiram convencer os cardos
e transformar os espinhosem rosas e canções.

E principalmente não pensem na morte.
Não sofram por causa dos cadáveres
que só são belos
quando se desenham na terra em flores.
Vivam, apenas.
A morte é para os mortos!

José Gomes Ferreira

2 comentários:

São disse...

Tenhamos então a serenidade das árvores...
Que a Luz esteja sempre presente!

Caçadora de Emoções disse...

É sempre bom relembrar a poesia de José Gomes Ferreira..

Um sorriso :)