quinta-feira, 23 de abril de 2009

Crianças portuguesas são das menos apoiadas do mundo rico



UNICEF.

Relatório analisou as políticas para a primeira infância nos 25 países da OCDE. Portugal ficou no 15.º lugar. Suécia é a única que cumpre todos os critérios. Estudo denuncia falhas no combate à pobreza infantil e no acesso universal à saúde.
Portugal é dos países desenvolvidos que menos apoios dá às crianças na primeira infância (dos zero aos cinco anos). Falta apoio na licença parental, na pobreza infantil e no acesso universal aos cuidados essenciais de saúde dos mais novos.
A conclusão é de um estudo da UNICEF que analisou os 25 países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) segundo dez parâmetros considerados essenciais. Desses, Portugal só cumpre quatro, ficando em 15º lugar.


por ANA BELA FERREIRA (DN de 23.01.2009)

2 comentários:

BatRitinha disse...

Amigo Serra, infelizmente é assim que se vê o nível do nosso país: como se tratam as nossas crianças... e os nossos animais, as nossas ruas, os nossos próximos.
Beijinhos, BatR

F3lixP disse...

E bem facilmente se podia fazer o oposto acredito!
Infelizmente é assim que vivemos, são estas as coisas que de facto me fazem pensar e preocupar, naão crises económicas. O dinheiro vai e vem, a educação de uma criança essa só acontece uma vez!