segunda-feira, 6 de abril de 2009

Água que corre...



Se escutarmos o rio sem atenção, a água que corre parece ter um ritmo constante e ininterrupto. Entretanto, nenhuma gota de água passa duas vezes sobre a mesma pedra. Não é nunca a mesma gota que forma o leito do rio ou o murmúrio da correnteza. A imutabilidade é apenas uma ilusão dos olhos e dos ouvidos humanos. Uma vez que tenha passado, a água não corre nunca mais no mesmo ponto do rio.
A vida humana não é diferente. Acreditar que ontem é igual a hoje é resultado de nossa ignorância e insensibilidade. Os olhos iluminados vêem claramente a imagem das coisas em eterno movimento e reconhecem que um instante é diferente de qualquer outro.


Escrito durante a participação no Nehan Sesshin (retiro em memória à morte de Shakyamuni Buddha, realizado todos os anos em Fevereiro) no Mosteiro Sede de Eihei-ji, em Fukui-ken.

5 comentários:

BatRitinha disse...

Amigo Serra, é uma bonita analogia. Mesmo que apanhássemos essa gota de água e a fizéssemos passar novamente pelo mesmo sítio, nós também já não seríamos os mesmos.
Um abraço, Bat

as velas ardem ate ao fim disse...

Lindissimo.

bjo

mariam disse...

António,

tão bonito! gostei.

BOA PÁSCOA!
um grande abraço e o meu sorriso amigo :)
mariam

São disse...

Um sábio ensinamento o que nos aqui oferece, meu caro António.
Para si e para quem ama uma Páscoa de Luz.

Iana disse...

Amiga linda e amada Voltei...

Obrigada por regar as flores no meu jardim enquanto estive ausênte..

É a alegria e o amor de todos os amigos/as que me mantem de pé.

Fiz um grande retiro amiga, passei dias de fortes ventos, hoje porém mesmo com "algumas dores" me rendi ao carinho dos amigos/as e me joguei mais uma vez nos braços daqueles que quero e me querem também Tão Bem!

Mais que uma mão estendida,
mais que um belo sorriso,
mais do que a alegria de dividir,
mais do que sonhar bons sonhos
ou doer as mesmas dores,
muito mais do que o silêncio que fala,
ou da voz que cala para ouvir...
ter o teu carinho e amizade é o alimento
que sacia a alma e preenche
o meu viver!


Beijos e beijos da rosa amiga
Iana!!!