sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Aqui... e agora.


Um dia, um discípulo foi ao mestre Kian-Fang e perguntou-lhe:

"Todas as direções levam ao caminho de Buddha, mas apenas uma conduz ao Nirvana. Por favor, mestre, diga-me onde começa este Caminho?"

O velho mestre fez um risco no chão com seu bastão e disse:

"Aqui".

4 comentários:

São disse...

Enorme verdade. Será que o aluno entendeu?
Bom fim de semana.

E será possível tirar as letrinhas?

RETIRO do ÉDEN disse...

E eu diria JÁ...

Bom fim de semana.
Obga. pela partilha.
Cumprimentos
Mer

Irene Abreu disse...

Alcançar o Nirvana é como dissolver o ego, deixar de existir como uma entidade separada do resto do mundo e com isso quebrar a roda do carma, interrompendo o processo de contínuos renascimentos. O aluno teria de começar logo ali, naquele momento...
Abraço!

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimado Amigo,
Está totalmente certo em suas sábias palvras.
Já o sábio Monje Ajahn Chah dizia, Tenta manter plena atenção e deixa as coisas tomarem o seu percurso natural. Então a tua mente tornar-se-à calma em qualquer ambiente, como um límpido lago na floresta. Todos os tipos de maravilhosose raros animais virão beber ao lago e tu irás ver claramente a natureza de todas as coisas. Verás muitas coisas estranhas e maravilhosas chegarem e partirem, mas tu estarás sereno. Esta é a felicidade do Buddha.
Um abraço amigo