segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Aqueles que...


Aqueles que exploram a religião para seus próprios fins egoístas oprimem e denigrem as pessoas.

Eles tiram impiedosamente vantagens dos outros, apossando-se do que podem e então, cruelmente, deixam as pessoas de lado quando não tem mais nada a oferecer.

Da mesma forma, aqueles que exploram o mundo da política para o seu próprio fim compartilham do mesmo desprezo pelas pessoas.

Os senhores não devem ser enganados por esse tipo de pessoa.

As pessoas não existem para beneficiarem os líderes .

O que deve ocorrer é justamente o oposto. Os líderes, inclusive políticos e clérigos existem para beneficiar as pessoas .

Os professores por sua vez, existem para o bem dos estudantes .

Entretanto, muitos dos que se encontram em posições de liderança comportam-se arrogantemente, denigrem as pessoas.

Daisaku Ikeda

2 comentários:

arrepiodaalma disse...

Parabéns pelo espaço.

Este pensamento aponta muito assertivamente um estado de sítio e em simultâneo vários caminhos alternativos e correctivos.
Tudo em prol da renovação humana e do seu são desenvolvimento.

Exactamente como as Artes Marciais...

Namastê

RETIRO do ÉDEN disse...

Fico com lágrimas de comoção ao constatar como estes senhores estão a prejudicar o que de mais belo pode existir no ser humano...a confiança, o amor, sentimentos que deveríamos cultivar entre uns e outros. Mas...dá-se precisamente o contrário...e sente-se um afastamento cada vez maior das pessoas em sentirem fé...e em acreditarem que algo de MAIOR nos transcende/existe...então a vida fica sem sentido, sem objectivos nobres e só estamos a cavar fossos e mais fossos e a denegrirmos a nossa imagem aos olhos de DEUS...como humanos que somos. Comportamo-nos como autênticos animais...damos azo aos impulsos em toda a sua fraqueza...e está-se a assistir a acontecimentos/situações que nem na selva se observam.
Abraço
Mer