quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Quando as coisas não correm de feição...


Se as coisas não estão a correr bem, apesar de sentir que as está a fazer da maneira correcta, considere-as como uma oportunidade para o tornar mais forte.

Brahma Kumaris

A parábola do semeador (Marcos, 4) também é um exemplo de que não devemos desistir se algo deu errado ou não ocorreu da maneira que esperávamos. Jesus contou que um homem saiu para semear e, no caminho, parte das sementes caiu e foi comida por passarinhos. Outro tanto se assentou em meio a pedras e espinhos, onde jamais poderia germinar. Só a parte depositada em solo fértil brotou, cresceu e deu fruto. A parábola mostra que nem sempre na primeira tentativa alcançamos os objetivos desejados.
É preciso, muitas vezes, na vida, procurar um solo fértil onde podemos nos estabelecer e crescer.

retirado de: http://www.portalangels.com/ensinamentos12.htm

4 comentários:

São disse...

Quão oportuno este ensinamento no tempo duro e amrgo que vivo!

Feliz 2011

RETIRO do ÉDEN disse...

É ... que assim seja...um dia volte a correr de feição. É para isso que me vou trabalhando...Acreditar e fazer por Acontecer.
Abraço
Mer

Uma PROFESSORA apaixonada.... disse...

Desistir jamais!!!
Beijosssss

Mariz disse...

Caro Amigo

Vim despedir-me porque conforme aqui dizes, o solo onde tentei semear não deu muitos frutos...embora alguns de nós pudessemos ter aprendido uns com os outros, mas a maioria é solo pouco fértil ou rochoso!
Assim sendo, vou deixar a blogosfera e vim despedir-me. Deixarei apenas o Medira-Acção porque eum pretender tem ali pano para mangas para MUDAR!

Contudo deixei uma notinha para aqueles/as que me enriqueceram de uma forma ou outra e tu és/foste um deles.

Deixo-te o meu abraço carinhoso e até sempre...

Etrnamente
Mariz