sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Poema dos cherokees ( índios do sudeste norte-americano)

Um homem sussurrou: Deus fale comigo!
E um rouxinol começou a cantar
Mas o homem não ouviu.

Então o homem repetiu
Deus fale comigo!
E um trovão ecoou nos céus.
Mas o homem foi incapaz de ouvir

O homem olhou em volta e disse:
Deus, deixe-me vê-lo
E uma estrela brilhou no céu.
Mas o homem não a notou.

O homem começou a gritar:
Deus mostre-me um milagre
E uma criança nasceu.
Mas o homem não sentiu o pulsar da vida.

Então o homem começou a chorar e a se desesperar:
Deus toque-me e deixe-me sentir que você está aqui comigo..
E uma borboleta pousou suavemente
Em seu ombro.
O homem espantou a borboleta com a mão e, desiludido
Continuou o seu caminho triste, sozinho e com medo.

1 comentário:

São disse...

Pois é, este momento também aí estão os sinais e pouca gente os vê!!

Bom final de semana